sábado, 16 de dezembro de 2017

FOLHA DOMINICAL - informações e reflexões importantes para toda a comunidade

DOMINGO III DO ADVENTO

SALMO RESPONSORIAL Lc 1, 46-48.49-50.53-54 (R. Is 61, 10b) 
Refrão: Exulto de alegria no Senhor.

A minha alma glorifica o Senhor 
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 
porque pôs os olhos na humildade da sua serva: 
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada 
todas as gerações.

O Todo-poderoso fez em mim maravilhas: 
Santo é o seu nome. 
A sua misericórdia se estende de geração em geração 
sobre aqueles que O temem.

Aos famintos encheu de bens 
e aos ricos despediu-os de mãos vazias. 
Acolheu a Israel, seu servo, 
lembrado da sua misericórdia.

SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA

AKATHISTOS
(Hino em honra da Virgem, Mãe de Deus)

Mãe Deus, Soberana Virgem!
Ergue-mos para Ti nossos louvores,
O nosso cântico de acção de graças!
Teu poderoso braço nos envolva
Qual sólida muralha!

Salva-nos do perigo! Salva-nos do perigo!
Não tarde o teu socorro aos fiéis que te cantam!

Salve, salve, salve esposa imaculada!

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

EUCARISTIA COM A CATEQUESE - sábado, 16h00

No próximo sábado, pelas 16h00, na Capela de S. Martinho, será celebrada a Eucaristia com a catequese.

A organização e dinamização será do 8º catecismo que CONVIDA toda a catequese a participar.

Lembramos que na Capela, junto de Nossa Senhora, ainda se encontra a arca da CARIDADE, pronta a receber todas as dádivas que possamos levar.

Esta semana a indicação é para levar a "POSTA", mas podem ser entregues outros bens nomeadamente: farinha, açúcar, azeite, óleo, atum, massa, arroz... o que importa é DAR!

NÃO HÁ MAIS NOITE

Não há mais noite sem bela aurora
e não mais há sol que não dê calor;
Deus vai chegar, aqui e agora…

Irmãos, preparai a vinda do Senhor!
Irmãos, preparai a vinda do Senhor!

A Boa Nova vamos cantar:
salvação do povo, paz e amor:
ao porto novo o barco acostar.

A nova terra e o mundo novo
não conhece a guerra, crê no amor:
Ele é verdade, vida do seu povo…

«LUZ DA PAZ DE BELÉM»

A Sé do Porto vai receber este domingo a “Luz da Paz de Belém”, uma iniciativa anual que começa na Gruta da Basílica da Natividade, em Belém, percorrendo depois Portugal, numa iniciativa do Corpo Nacional de Escutas.

A chama é transportada desde Viena para o Porto, onde vai ser recebida por quatro escuteiros às 17 horas, iniciando assim a celebração eucarística, presidida por D. António Augusto Azevedo, bispo auxiliar da diocese.

“Participam as 20 regiões escutistas que correspondem às Dioceses, e delegações da Cáritas, que serão os agentes da distribuição da Luz da Paz pelo território, como objetivo de partilha e multiplicação pelos hospitais, cadeias, instituições e comunidades, querendo chegar a todas as famílias”, informa um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

A nota evoca um ano de “tantas calamidades e sofrimento” e sublinha que em 2017 a campanha de Natal da Cáritas Portuguesa “10 milhões de Estrelas- um Gesto pela Paz” se associa ao percurso da “Luz da Paz de Belém”.

O tema desta atividade é “Luz para Viver – na Luz da Paz vivemos Cristo”, começando com atividades e workshops pela cidade do Porto para os escuteiros que pretendam participar. Será, portanto, um dia em que a cidade do Porto contará com centenas de escuteiros para receber a Luz que vem de Belém.

Todos os anos, uma criança austríaca é escolhida para visitar a Gruta da Natividade, em Belém, e trazer a Luz para a Áustria, onde é partilhada com Escuteiros e Guias de todo o mundo.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

NATAL em mim, NATAL em ti... Ceia de NATAL do Catequistas

Vamos lá festejar!

E para que tudo decorra da melhor forma lembramos que:
Como é habitual todos devem deixar com tempo a posta ou postas de bacalhau (já demolhada) no Centro Paroquial;
Levar os pratos, talheres, copos;
Sobremesas, vinhos, sumos;
Uma lembrança simbólica para a troca das prendas.
E, será Natal, no Centro Paroquial dia 16 de dezembro pelas 20h00. 💗

TESTE: Conhece bem a Bíblia? O Advento e as origens de Jesus

O Advento é o tempo de preparação do Natal, que constitui uma unidade dinâmica com o próprio Natal e Epifania, celebrando assim a manifestação de Deus na história.

Na sua primeira parte, até 16 de dezembro, a liturgia do Advento aponta para a vinda derradeira de Jesus, no final dos tempos. A partir do dia 17, na chamada «semana santa» do Natal, o olhar dirige-se para a preparação da festa do nascimento de Jesus.

Se esta é a primeira vez que responde, sugerimos que o faça sem recorrer a "auxiliares de memória", como a própria Bíblia ou a internet, para que tome consciência dos seus conhecimentos.

Em caso de erro o questionário não indica a opção correta, convidando-a (o) a descobrir por si própria(o) a alternativa acertada.

Teste em 

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

ÀS PORTAS NATAL!🌟

 Fomos à janela espreitar e vejam o que vimos 
no Centro Paroquial! 
Alguns catequistas do secretariado colocaram um
presépio muito original junto ao Cartório e uma
 estrela no salão para marcar a campanha do advento. 
Simples, bonito e a lembrar 
que JESUS está para chegar!

domingo, 10 de dezembro de 2017

LEITURA ORANTE DA PALAVRA: TEXTO BÍBLICO: Jo 1, 1-3.9-14

Uma Partilha do 8º Ano de Catequese
ACOLHIMENTO AMBIENCIAL
Bíblia, Crucifixo, Velas 
Música relaxante: CD mulher, mãe, maria, 
Projetor: frase do Evangelho
O  silêncio é fundamental: 
O Verbo fez-se carne e veio habitar entre nós.”
Como estamos no Advento, 
vamos redescobrir o verdadeiro Natal.  
 Convidar a PARAR -  
Como posso viver o aqui e agora no silêncio? 
Relaxar o corpo para me preparar 
para o Encontro com Jesus?
Desafio: fixem uma vela durante 30 segundos e
depois fechem os olhos tentando ver a vela na vossa retina;
Tomar consciência da presença de Deus
Oração ao Espírito Santo para que cada um possa
escutar, compreender, desejar corresponder à Palavra, 
ver o invisível. 
Convidar a LER  
Leitura do texto bíblico (de forma expressiva)
Jo 1, 1-3.9-14
Convidar a MEDITAR
Que diz o texto à minha vida e à vida do grupo? 

Convidar a DIALOGAR /ORAR
Conversamos/oramos a partir da Palavra: 
Que ouço, que digo ao Pai, a Jesus a partir do texto? 

Convidar a CONTEMPLAR 
Que me espanta em Jesus, no MEU Deus… no meu Pai? 

Em que o quero louvar? Que me seduz nEle? 
Convidar a DISCERNIR / DECIDIR 
(Palavra/Vida - compromisso) 

 Converter-se é voltar o coração para Deus. 
Qual a conversão da mente, do coração, 
e da vida que Deus me pede? 

Convidar a RECORDAR 
Que experimentei? Que descobri? Que levo no coração? 
Que testemunho dou da minha experiência 
de oração a partir da Palavra?
Para ajuda a outros grupos que desejem fazer a
Leitura Orante, o esquema completo encontra-se em

FOLHA DOMINICAL - informações e reflexões importante para toda a comunidade

PROPOSTA PARA A 2ª SEMANA DO ADVENTO

ACOLHEDORA 
Proposta de compromisso 
para a 2ª semana de ADVENTO :
Acolher em nossa casa e na nossa comunidade a fragilidade de pessoas e famílias marcadas pela separação, pela doença, pela deficiência, pela solidão, pelo luto. Fazê-lo através de uma visita, de um encontro, de um diálogo, de uma refeição em comum, de uma reunião, de um convívio, de um ágape fraterno. Nas celebrações da comunidade podemos valorizar as formas de acolhimento, à entrada, no rito da paz, etc. 
Colocar no pé-de-meia (lá em casa e/ou na Igreja) o fruto da partilha desta semana.

Catequese da Diocese do Porto

DOMINGO II DO ADVENTO - Ano B

SALMO RESPONSORIAL Salmo 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14 (R. 8) 
Refrão: Mostrai-nos o vosso amor, 
dai-nos a vossa salvação; dai-nos a vossa salvação.

Escutemos o que diz o Senhor: 
Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis. 
A sua salvação está perto dos que O temem 
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade, 
abraçaram-se a paz e a justiça. 
A fidelidade vai germinar da terra 
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom 
e a nossa terra produzirá os seus frutos. 
A justiça caminhará à sua frente 
e a paz seguirá os seus passos.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

DIA DA MÃE DEVERIA VOLTAR A SER ASSINALADO NO DIA 8 DE DEZEMBRO

O bispo auxiliar de Braga D. Francisco Senra Coelho considera que “faria sentido” que o dia da mãe voltasse a ser assinalado a 8 de dezembro, feriado que celebra a Imaculada Conceição e a sua ligação à História de Portugal.

“O dia da mãe fez do dia 8 de dezembro um feriado assumido pelas famílias, com uma popularidade enorme e uma dimensão profunda na rede social portuguesa e no viver quotidiano da cidadania”, disse D. Francisco Senra Coelho à Agência ECCLESIA.

O bispo auxiliar de Braga lembra a “dimensão social” do feriado de 8 de dezembro e a relevância de Nossa Senhora como “modelo para todas as mães”.

“Numa sociedade muito paternal como a portuguesa, a mãe exerceu sempre o recando da ternura. E Nossa Senhora apareceu associada à figura da mãe, como Mãe de Cristo e modelo para todas as mães”, sublinhou.

D. Francisco Senra Coelho lembrou ainda que o mês de dezembro “é marcado pela dimensão da família, da maternidade”, com destaque para o que o Natal significa nessa dimensão como “festa da família que se junta”.

“E também e dimensão da generosidade que marca o mês de dezembro, em que toda a gente sente um apelo à partilha, à fraternidade, à dimensão da paz universal. E tudo isto cabe no regaço e no colo da Mãe, que é Nossa Senhora, e que são todas as mães!

“Começar o mês de Natal com o dia da mãe seria muito oportuno”, disse D. Francisco Senra Coelho em entrevista à Agência ECCLESIA publicada na edição do Semanário Ecclesia, a propósito da publicação do livro “Nossa Senhora e a História de Portugal”, apresentado esta sexta-feira, em Braga, na Cripta da Basílica do Sameiro, às 17h30.

http://www.agencia.ecclesia.pt/noticias/nacional/portugal-dia-da-mae-deveria-voltar-a-ser-assinalado-no-dia-8-de-dezembro/

REZAR O ADEVENTO

A caminho de Belém, detemo-nos hoje a fixar a Mãe que nos dá tudo ao entregar-nos o Filho. Vemo-la perturbada perante o mistério. Como nós, tantas vezes! A humildade devolve-lhe a paz, aceita a mensagem celeste, sem medo do futuro. Deus que chama e dá a missão, não falha com a sua graça para se encarar o incompreensível. Por isso, «faça-se!», como Deus quer, o que Deus quiser. Maria, honra do nosso povo, fonte da nossa alegria, escrava-rainha, medianeira, Senhora das Dores, Mãe de Deus e nossa Mãe, parabéns e muito obrigado! Salve! Ave! Roga por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte.

http://redemundialdeoracaodopapa.pt/campanhas-especiais/6

SENHORA DE DEZEMBRO

Senhora de dezembro,
Maria, minha Mãe,
Passa hoje o dia
Da tua Imaculada Conceição.

Senhora de dezembro,
Dos dias frios e frágeis,
Dos passos firmes e ágeis,
Do coração que velava
À espera de quem te amava.

Assim te entregaste a Deus,
De coração inteiro,
Como um tinteiro
Todo derramado numa página.
Tu és a mais bela página de Deus,
A Deus doada, apresentada, dedicada,
Mãe da vida consagrada,
Imaculada,
Ensina-me a tua tabuada,
A tua nova alegria,
A luz do Evangelho que te aquece e alumia.


Eu te saúdo, Maria,
Neste dia da tua Imaculada Conceição.
Ave-Maria.


D. António Couto

CHAÎRE MARIA!

Esta celebração da Mãe de Deus e nossa Mãe e Padroeira Principal de Portugal é um desafio imenso para o homem «em fuga» deste tempo, que se esconde de si mesmo, que continua a esconder-se de Deus, e que pretende esconder Deus, retirando-o da via pública e da vida pública. Atravessamos verdadeiramente a «noite do mundo» (Weltnacht), diz Martin Heidegger, onde «Cada um está sozinho no coração da terra/ atravessado por um raio de sol:/ e é logo noite», como bem escreve o escritor italiano Salvatore Quasimodo. Homem deste tempo às escuras, engessado, triste, exilado, escondido, anestesiado, volta para a Luz, reentra em tua casa, no teu coração despedaçado. Há de seguramente por lá haver ainda, caída no fundo da alma, uma lágrima dorida e uma mão de Mãe à tua espera!

D. António Couto

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA

SALMO RESPONSORIAL Salmo 97 (98), 1.2-3ab.3cd-4 (R. 1a) 
Refrão: Cantai ao Senhor um cântico novo: 
pelas maravilhas que El'operou, 
cantai ao Senhor cantai

Cantai ao Senhor um cântico novo, 
pelas maravilhas que Ele operou. 
A sua mão e o seu santo braço 
Lhe deram a vitória.

O Senhor deu a conhecer a salvação, 
revelou aos olhos das nações a sua justiça. 
Recordou-Se da sua bondade e fidelidade 
em favor da casa de Israel.

Os confins da terra puderam ver 
a salvação do nosso Deus. 
Aclamai o Senhor, terra inteira, 
exultai de alegria e cantai.

IMACULADA CONCEIÇÃO

Na missa das 11h00,
na Capela de S. Martinho, 
haverá BÊNÇÃO DAS GRÁVIDAS.
Todas as GRÁVIDAS estão CONVIDADAS 
a participar com as suas famílias e a receber 
a bênção de Deus para a nova vida 
que geraram dentro de si. 
Participa e divulga esta iniciativa!